Posts Tagged ‘morimoto’

Dicas de Nova York

segunda-feira, julho 26th, 2010
New York - Brooklyn Bridge Sunset by Phillipp Kinger

New York - Brooklyn Bridge Sunset by Phillipp Kinger

Aproveitando a onda de amigos indo pra NY nas próximas semanas, tirei da gaveta uma lista pronta de lugares que amei na cidade. Todos são bares, restaurantes, lanchonetes. Todos maravilhosos e testados mais de uma vez em alguns casos. Sobre as baladas não me arrisco a dar palpites porque os humores oscilam muito quando se trata de sair à noite em uma cidade como NY. Sobre espetáculos e museus, eu nem me preocuparia em buscar dicas. A cidade respira cultura e fique à vontade pra arriscar. Qualquer erro vai ser desculpado, acredite.

Sempre gostei de viajar e mesmo que ficasse alguns poucos dias em uma cidade qualquer, eu tinha a necessidade de vivê-la como os moradores de lá. Procuro opções de lugares tradicionais e os combino com dicas de lugares mais atuais com amigos que por acaso estão morando por lá. Assim, aproveito uma viagem sem aquela correria de ter que ver tal museu, de ter que ir a tal praça, de ter que. Odeio ter que. Gosto de andar sem rumo em uma cidade pequena e acabar em uma periferia estranha, fuçar os becos em uma cidade grande e dar de cara com galerias, livrarias e brechós, por exemplo.

Então falemos das dicas. Reuni aqui os lugares em que comi bem e fui feliz em NY. Sem pretensões, hein! São os lugares em que muitas vezes eu ia quase todo dia no mesmo horário para tomar o meu café da manhã antes de bater perna pela cidade, ou os que, por acaso, estava perto com montes de sacolas na mão e cheio de fome.
Sou do tipo que acorda tarde e mesmo assim toma café da manhã. Se você é assim também aqui vão os bons lugares pra fazer isso sem pressa.

bagelporn by food in mouth

bagelporn by food in mouth

Murray`s Bagels: fica no Chelsea, no número 248 da 8ª, entre as ruas 22 e 23. Tem em vários outros lugares de NY, mas esse é o meu preferido. Fui várias vezes e é um lugar bem gostoso, os funcionários são simpáticos e comer um bagel em NY é obrigatório. Depois sente-se no banco do lado de fora e observe as pessoas na rua, tomando um latte é claro.

Cafeteria: também fica no Chelsea, no número 119 da 7ª avenida com a rua 17. Um lugar mais hype, com gente mais moderna, frequentado por alguns famosos. Mas também tem gente comum, eu e você, mas bem vestidos e interessantes. Vale a pena ir, não é caro e o café da manhã tem opções deliciosas.

Bocca Lupo: fica em Cobble Hill, no 391 da Henry St. com a Warren St. no Brooklyn. Apesar de ser longe para acordar e ir tomar café, vale a pena passar lá. O ambiente é muito agradável. Combine um brunch com os amigos, é uma delícia.

Le Pain Quotidien do Chelsea. Fica no 124 da 7ª entre as ruas 17 e 18. Alguém pode até torcer o nariz por ser uma rede. Cadê o charme? Cadê a novidade? Vão dizer. Mas a comida é super saudável e uma delícia. Você vai tomar um café que merece e dá pra almoçar também.

Para almoçar ou jantar em NY, não dá pra determinar de antemão o horário. Ande e compre bastante e se passar por perto dos lugares abaixo, experimente.

Fanelli's Cafe by M0rph3u

Fanelli's Cafe by M0rph3u

Fanelli’s Cafe no SoHo. No número 94 da Prince St, esquina com a Mercer St. Os sanduíches são bem servidos e baratos num ambiente gostoso e perto das melhores lojas. Compre, compre, compre e pare para almoçar lá.

Capri Caffe em Tribeca, no 165 da Church St entre a Chambers e a Read Sts. Comida italiana feita de uma forma muito artesanal. O espaço é pequeno, mas você entra e em dois minutos parece que já freqüenta o lugar há muito tempo. Peça o especial do dia sem medo.

Co. Fica no Chelsea, no 230 da 9ª, entre as ruas 24 e 25. Algumas pizzas são inusitadas e deliciosas. Considero imperdível.

Casa, Greenwich Village no 72 da Bedford St com a Commerce St. Comida brasileira como quase não se vê no Brasil. Amei! Os preços podem assustar por opções tão simples que vão lembrar a comida da sua mãe, mas tudo é muito gostoso.

Hale and Hearty. Dessa rede eu sou fã, consulte o site para encontrar o mais perto de você. A comida é, sem erro, maravilhosa e estou falando de um combo – sanduíche e sopa! Por que não temos essa rede no Brasil?

Bottino. Chelsea, no 248 da 10ª, entre as ruas 24 e 25. Uma dica emocional. Foi uma experiência deliciosa: compramos uns sanduíches no Bottino e fomos passear na High Line. Uma das entradas é ali perto. Experimente. Você senta nos bancos, nas espreguiçadeiras ou na arquibancada. Vai ser inesquecível.

Socarrat Paella Bar. Também no Chelsea, no 259 da rua 19, entre a 7ª e a 8ª. Outro restaurante imperdível. A visita, na minha, opinião é obrigatória. O restaurante é comandado por um espanhol simpaticíssimo. Peça uma paella de arroz negro. Você vai delirar!

Pearl Oyster Bar no Greenwich Village, no número 18 da rua Cornelia, entre a Bleecker e a W 4th. Esse restaurante foi a maior surpresa da última ida pra NY. Você pode pedir mesa ou sentar no balcão e ficar de papo com a garçonete que é simpática, sorridente, interessante, ou com os outros clientes que sentam no balcão. Obrigatório pedir o sanduíche de lagosta, parece estranho mas é perfeito!

Balthazar no SoHo, na 80 Spring , entre Crosby e Broadway. Restaurante bem famoso em NY. Vale a pena ir pela comida, pelas pessoas que se pode ver lá, pelo ambiente. Mesmo que demore pra conseguir uma mesa, espere, você vai gostar.

L’Express no Gramercy Park, no número 249 da Park Ave com a rua 20. Esse é 24h, então dá pra comer uma boa comida depois de uma balada. Tudo delicioso.

Izakaya Ten no Chelsea, 207 da 10a com a rua 23. Esse Pub Japonês é fantástico. Fica meio escondidinho, mas vale a ida. Um dos restaurantes mais legais que fui em NY, simplesmente porque é diferente do que estamos habituados a pensar sobre restaurantes japoneses.

E por último o Morimoto, que fica no Chelsea, mais lá embaixo, no número 88 da 10a, entre as ruas 15 e 16. Entre, se encante com a decoração e a arquitetura do lugar. Se estiver vazio, tudo vai parecer mais deslumbrante. Peça pelo menos um Martini de lichia no bar (o melhor que já tomei). Ah! E conheça o banheiro, é por si só uma experiência.

Não preciso dizer que isso é um milionésimo do que se pode ver, ir ou conhecer em NY no quesito comida. Mas como alguns de nós hesitam e piram diante de tantas opções, vale a pena recolher algumas dicas e anotar em um caderninho para não se frustrar com o desconhecido ou ficar apenas no esquema turístico-clichê.